Hotter Than Hell: Lançado em 22.10.1974

  • GOT TO CHOOSE (Paul Stanley): Musica no mesmo estilo do disco anterior. Como algumas músicas do disco anterior, meio travada. Mas uma grande música, uma levada diferente da bateria. As guitarras estão mais distorcidas, mais hard rock do que rock’n’roll. A dobra do vocal no refrão onde se destaca a voz de Gene, muito show!

Ricardo Rockiss

 

  • PARASITE (Ace Frehley): Um grande riff de Ace, mostrando o grande guitarrista que ele ERA. Muito pesada e com felling realmente impressionante. Paul dobrando o vocal no refrão ficou realmente muito legal! O Solo Ace mata, detona!! Um dos discos onde Ace mais mostra seu talento. Grande música.

Ricardo Rockiss

 

  • GOIN’ BLIND (Gene Simmons/ Steve Coronel): Tem um efeito no solo muito bonito, tem uma nota na hora do solo que dá um arrepio, música fica linda com distorção no solo.

Rodrigo Dippold

 

  • HOTTER THAN HELL (Paul Stanley): Tem um riff bem do estilo Black Sabbath no final, acho muito boa essa música, uma das melhores do disco.

Rodrigo Dippold

 

  • LET ME GO, ROCK’N’ROLL (Paul Stanley/ Gene Simmons): Vocal Líder: Gene Simmons. Outro maravilhoso riff !! Essa versão tem apenas 2:16 minutos eu gosto da versão ao vivo porque parece uma musica instrumental.

Rafael Martins

 

  •  ALL THE WAY (Gene Simmons): Uma música com estilo que Gene seguiria em vários discos. Uma bateria bem variada, mérito de Peter. Paul está com pouca presença nas dobras dos vocais no refrão. Tem uma pegada muito legal, mas não uma música boa para shows, um pouco ritmada, cheia de paradas. Ace mostrava mais uma vez seu incofundível talento.

Ricardo Rockiss

 

  • WHATCHIN’ YOU (Gene Simmons): Vocal Líder: Gene Simmons. O que dizer dessa música? Simplesmente incrível, o solo foi muito bem elaborado pelo mestre Ace.

Rafael Martins

 

  • MAINLINE (Paul Stanley): Paul a compôs para si, mas Peter a “tomou”. Acho essa a maior virtude. Um belo vocal rouco de Peter. Gosto da introdução. Essa é uma balada leve e descontraída, com refr��o simples e pegajoso. Peter manda bem também na bateria. Outro destaque é o belo solo do Ace. Talvez não precisasse ser tão longa.

Marques Love Gun

 

  •  COMMIN’ HOME (Paul Stanley/ Ace frehley): O estilo de composição de Paul está presente nesta música, mas muito melhor do que a música anterior. O vocal de Paul está mais vigoroso; as dobras de Gene estão mais baixas nesta música. Mesmo sem solo de Ace essa música é muito forte. Ponto alto do disco.

Ricardo Rockiss

 

  • STRANGE WAYS (Ace frehley): Outro grande riff de Ace. A música mais pesada do disco na minha opinião. Peter canta bem nesta música, com feeling, pegada. O refrão parece que somente Gene canta de tão baixa a voz de Paul. Nunca ouvi essa versão ao vivo com KISS na época de Ace e Peter. O solo… Ace devia estar em um daqueles dias em que Hendrix o estava iluminando, tem uma pegada muito Hendrix(ao vivo). Grande solo!!!

Ricardo Rockiss

Continue: Dressed To Kill




Warning: require_once(/home/braziliankissarmy/braziliankissarmy.com.br/wp-content/themes/bka20162/footer.php): failed to open stream: Permission denied in /home/braziliankissarmy/braziliankissarmy.com.br/wp-includes/template.php on line 688

Fatal error: require_once(): Failed opening required '/home/braziliankissarmy/braziliankissarmy.com.br/wp-content/themes/bka20162/footer.php' (include_path='.:/usr/local/lib/php:/usr/local/php5/lib/pear') in /home/braziliankissarmy/braziliankissarmy.com.br/wp-includes/template.php on line 688